Não quero ser Deus por orgulho.
Eu tenho esta grande diferença de Satã.
Quero ser Deus por necessidade, por vocação.
Não me conformo nem com o espaço nem com o tempo,
Nem com o limite de coisa alguma.
Tenho fome e sede de tudo,
Implacável,
Crescente,
Eterna,
- De mim que me desprezo e me acredito um nada.

Mais deste poeta


Leia poesias clássicas, descubra novos poetas e publique suas próprias poesias grátis!

Pesquise por assunto...