Tenho vontade de
— ponhamos amar por esporte uma loura o espaço de um dia.

Certo me tornaria brinquedo nas suas mãos.

Apanharia, sorriria mas acabado o jogo não seria mais joguete, seria eu mesmo.

E ela ficaria espantada
de ver um homem esperto.