A njo, que me apareceste
N esta vida de aflição,
G ênio bom, que me puseste
E sta fé no coração,
L inda estrela, que fulguras,
I nveja causando às mais, 
N o teu éden de venturas
A caso escutas meus ais?...