A briste em fresca manhã
N o meio das outras flores,
G entil florinha louça, 
E xtasiando os amores...
L írio do céu, que viés te
I ncensar o mundo meu,
N o puro seio trouxeste
A lmos prazeres do teu!