Poesias em destaque

 

Cruz e Souza

Ó mundo, que és o exílio dos exílios, Um monturo de fezes putrefato, Onde seres vis circula nos concílios. Onde de almas em pálidos idílios O lânguido pefume mais ingrato Magoa tudo e é triste como...

Castro Alves

Sonhava nesta geração bastarda Glórias e liberdade!....... Era um leão sangrento, que rugia Da glória nos clarins se embriagava, E vossa gente pálida recuava, Quando ele aparecia. ÁLVARES DE...

Luis Delfino

(Almeida Reis) Trouxe um dia uma fada as brancas mãos coalhadas De quanta pedraria ela escondido tinha; Todo o escrínio real da rainha das fadas, Que inveja causaria à mais nobre rainha!... Tinha...

Cora Coralina

Tantas conheci, todas tão pobres! No passado levavam a trouxa de roupa na gamela, a gamela na cabeça, assentada na rodilha. Madrugada ainda recolhida na casa de Deus Nossinhor e a lavadeira...